revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Blog

Localize rapidamente o conteúdo desejado

ENTENDA AS QUESTÕES ÉTICAS NA VENDA DE COACHING

Luciano Santos Lannes Por Luciano Santos Lannes em 06/08/2018

A edição 63 da Revista Coaching Brasil está no ar e aborda as “Questões Éticas na venda de Coaching”. Hoje em dia é comum sentirmo-nos enganados e frustrados com vendas que projetam uma imagem diferente do que adquirimos. E, infelizmente, o Coaching não escapou dessa prática. A banalização no mercado vem crescendo e distorcendo todo o processo, transformando-o em um simples produto.

Coaches muito experientes explicam nesta edição a importância da barreira da ética nas vendas e o respeito com o cliente.

“A venda do coaching como mercadoria, como um “produto” capaz de fazer “milagres”, muitas vezes criando ilusões e manipulação do cliente é, segundo o pensamento buberiano, transformar o TU em um ISSO, quando o ser humano se torna apenas um objeto”.

Se o conteúdo te interessou, aproveite para se tornar assinante e ler esta edição completa e muitas outras, como a edição 62, Como vender Coaching.

Através da Apresentação do Dossiê, escrita e coordenado pelo editor-chefe, Luciano Lannes, você vai entender como as vendas pela internet vêm transfigurando a ética e a importância de entendermos este tema e modificá-lo nos dias de hoje:

 

Coordenação de Luciano Lannes
Coach, Palestrante, Trainer, Escritor.
Editor da Revista Coaching Brasil.
Acredito no potencial de realização do ser humano.
lannes@lucianolannes.com.br

Em um momento onde a mídia está sendo utilizada para bombardear as pessoas sobre as vantagens de ser ou fazer Coaching, faz-se necessário uma análise crítica sobre o que e como vem sendo oferecido, e quais valores estão sendo respeitados ou não dentro deste processo. Conforme as pessoas vão ficando entorpecidas com o acúmulo de e-mails, postagens no Facebook e Instagram, a diferenciação, aquele elemento que faz com que um texto ou chamada se torne atrativa, começa a romper a barreira de uma postura ética.
Esta edição, abordando as “Questões éticas na venda de Coaching”, nasceu de uma conversa com Ana Pliopas, quando a convidava para escrever sobre sua experiência na venda de processos de Coaching, visto Ana ser uma das sete pessoas no Brasil a ter a titulação MCC (Master Certified Coach) da ICF. Conversar com Ana Pliopas é sempre inspirador e desta vez não foi diferente. Em poucos instantes, Ana já havia feito um discurso sobre a crise de valores na venda de Coaching e a questão ética mostrou-se mais do que relevante. O Universo conspirou a favor deste tema e montar um grupo de primeiríssima linha para aceitar este desafio, ainda mais com agenda apertada, foi fácil e rápido.
Escalação do time deste dossiê: Ana Pliopas, Maria Angélica Carneiro, Ana Paula Peron, Clenir Streit, Eva Hirsch Pontes e Robson Santarém. Montamos um grupo no Whatsapp e eles imediatamente começaram a interagir, trocar ideias e delinear seus temas. Equipe montada, lembrei de uma frase de minha mãe: “Se quer algo bem feito e rapidamente, peça para pessoas ocupadas”.
 
Ao longo destes cinco anos na construção da Revista Coaching Brasil tive o prazer de conhecer, conversar, aprender com os grandes coaches do Brasil. Estes não são os que ficam dando show na internet, mas os que trabalham em silêncio e mostram seu trabalho em círculos seletos. Produzem conteúdos de relevância e não querem convencer ninguém de nada, mas mostrar caminhos, trazer reflexões, trabalhar efetivamente o desenvolvimento da consciência humana. A questão ética sempre balizou a forma de ser e comunicar da Revista Coaching Brasil, e estar ao lado destes profissionais foi por demais inspirador.
 
O tema ética me é particularmente caro e está presente na revista, em palestras, cursos, textos e, principalmente, procuro premiar sua prática. Ética é ação e não intenção ou discurso. Ética envolve o outro, repercussões de nossas ações e tomada de responsabilidade.
O imperativo categórico que Kant elaborou nos mostra uma forma simples de avaliar opções e tomar decisões:
VIVA DE TAL MANEIRA QUE A TUA VONTADE PRETENDA, QUE O PRINCÍPIO QUE REGE O TEU COMPORTAMENTO POSSA REGER O COMPORTAMENTO DE QUALQUER UM.
 
A discussão sobre a ética na venda, processo e pós venda do Coaching me fez consultar o código de ética de outras profissões, estas regulamentadas como Psicólogos, Psiquiatras e Médicos. Encontrei coisas interessantes que se fossem aplicadas ao mundo do Coaching, acredito que 80% dos picaretas mudariam de área. Em relação ao Marketing de Conteúdo, muitos se utilizam de conteúdos e ideias de outras pessoas sem ao menos citar a fonte.
No Código Médico encontramos: “É vedado ao profissional apresentar como originais quaisquer ideias, descobertas ou ilustrações que na realidade não o sejam.” Ainda por este código, também é vedado fazer previsão taxativa de resultados, e o que mais se vê é a oferta do serviço de Coaching como ponte para a realização dos sonhos e metas do coachee, inclusive com fotos ilustrativas de fartura, felicidade e realização. E para fechar esta pequena seleção, diz ainda que é vedado divulgar serviços de forma inadequada, quer pelo meio utilizado, quer pelos conteúdos falsos, sensacionalistas ou que firam o sentimento da população.  
 
A falta de responsabilidade se estende a muitos aspectos e nossos autores fizeram uma leitura muito precisa dos pontos de maior relevância, para que você, nosso leitor, possa agregar mais elementos à sua reflexão e tomar decisões cada vez mais éticas.
Os textos estão especialmente ricos e nos convidam a um pensar muito ampliado sobre os diversos atores envolvidos na relação de Coaching, organizacional ou pessoal. Exemplifico com um extrato do texto de Clenir Streit:
“Michael Carroll, em ‘Ethical Maturity’, assegura que a confiança é a base da ética!
Na mesma linha, Murdoch reforça que ‘uma ética de confiança envolve criar e
manter relações fortes o suficiente para suportar os desafios de diferenças,
desigualdades, riscos e incertezas.’ Assim, a confiança gera inspiração recíproca ao nos envolver num nível ainda mais profundo de confiança que aciona a soberania do outro, na sua integridade e desenvoltura para a vida.”
 
Que este dossiê seja instigante, desafiador e provocativo quanto às posturas e ações da sociedade e dos profissionais de Coaching. Foi um enorme prazer e honra poder contar com profissionais e pessoas tão disponíveis e competentes.”

Tenha uma ótima leitura.

Revista Coaching Brasil

Veja mais:

Os elefantes rosa na sala e as Constelações Sistêmicas

Em sua apresentação do dossiê da edição 79 da Revista Coaching Brasil, Claudia Miranda Gonçalves, cita: "O que torna as constelações interessantes para o mundo do trabalho e das organizações é a possibilidade que oferecem de ampliar o olhar através da inclusão de aspectos relacionais na análise das situações. As constelações foram mais longe que as planilhas de Excel, ao... leia mais

Dezembro 2019
3 minutos

QUER RESULTADOS? VÁ DEVAGAR! CONHEÇA O SLOW MARKETING

Parece um contrassenso, mas é a pura verdade. A pressa frenética nos deixa malucos, estressados, cansados e não traz resultados positivos. Um marketing agressivo, além de cansar, agride nosso público. Trazemos nesta edição o Slow Marketing, uma filosofia que ajuda você a encontrar o seu equilíbrio e passar a comunicar com seu público de uma forma muito mais harmônica, tranquila e... leia mais

Outubro 2019
2 minutos

UM POUCO MAIS SOBRE DINÂMICAS HUMANAS

Caro leitor, chegou a parte 2 sobre “Dinâmicas Humanas”. Ao todo são 12 artigos que possibilitam aos leitores terem uma excelente noção sobre o que é, como funciona e as aplicações desta metodologia apaixonante. Fátima Lisboa nos trouxe o tema e fez uma coordenação primorosa dos dois dossiês. Leia a apresentação deste dossiê, e o da edição anterior com a primeira... leia mais

Agosto 2019
12 minutos

OS PRIMÓRDIOS DA HUMAN DYNAMICS BRASIL

Para que você, que assina ou segue a Revista Coaching Brasil, comece a compreender melhor do que se trata o tema “Dinâmicas Humanas”, objeto de nossa edição 74, trago um trecho do artigo de Inês Alckmin Fonseca, intitulado “Reconhecendo as dinâmicas de clientes através de seus talentos e dificuldades”. Lembrando que esta é apenas uma pequena parte do artigo, desejando que... leia mais

Julho 2019
5 minutos

VOCÊ CONHECE AS DINÂMICAS HUMANAS?

Caro leitor, é com muito prazer que apresentamos uma abordagem muito interessante para ampliar a compreensão sobre a complexa engenharia do ser humano. Longe de ser ou de se propor como uma forma de encaixar as pessoas em moldes, as Dinâmicas Humanas propõe uma visão única, simples e complexa ao mesmo tempo. Para conhecer melhor, apresentamos duas edições para discutir o tema. Esta, a... leia mais

Julho 2019
11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium